Endometriose e Medicina Tradicional Chinesa

Atualizado: 15 de mar. de 2021

A endometriose caracteriza-se por presença de tecido endometrial (que é o tecido que reveste internamente o útero) fora da cavidade uterina.


Sua prevalência em pacientes com infertilidade pode chegar a 47%.


Ela é também responsável por considerável piora na qualidade de vida das mulheres, causando desconforto durante a menstruação, dor pélvica fora do ciclo menstrual, dor durante a relação sexual, alterações intestinais e urinárias.


A maneira como a endometriose contribui para a dificuldade em engravidar se deve a sua influência em vários níveis: piora da qualidade dos óvulos, distorções anatômicas de tubas uterinas e ovários, presença de processo inflamatório e ativação exagerada do sistema imune no ambiente do fluido folicular e peritoneal, causando baixa qualidade embrionária, diminuição da implantação, alterações na ovulação e na motilidade espermática.


O tratamento pela Medicina Tradicional Chinesa (MTC) da infertilidade causada pela endometriose busca tratar desarmonias encontradas na avaliação clínica com o uso de acupuntura e fitoterapia.


Primeiro, deve ser dado ênfase em fortalecer o Yang do Rim, pois sua deficiência está relacionada a má absorção de sangue e tecido endometrial encontrados na cavidade peritoneal após a menstruação retrógrada e alteração do sistema imune, presentes na patogênese da endometriose.


Segundo, deve-se tratar a estagnação de sangue, caso a paciente tenha queixas de cólicas menstruais intensas, principalmente se descritas como em facada, presença de coágulos menstruais, massas ou nódulos e identificação de implantes endometriais pala laparoscopia, RNM ou US com preparo. Promover a circulação de Qi, para conseguir mover esse sangue estagnado. Mover também Qi de Fígado, em caso, de queixas emocionais (estresse, raiva, ressentimentos), comumente presentes.


Fortalecer o Qi do Baço-pâncreas, se identificado acúmulo de mucosidade, como dor em peso no baixo ventre, obstrução do lúmen das tubas por secreções de lesões endometriais e marcas de dentes nas laterais da língua.


Recomenda-se dieta anti-inflamatória para “acalmar” o sistema imunológico, alguns alimentos com essa função são: gengibre, cúrcuma, couve, aveia, uva roxa, aipo e abacate. E reduzir o consumo de carnes vermelhas, embutidos, frituras, farinha branca, álcool e açúcar refinado. Evitar embalagens de plástico para reservar os alimentos, pois o plástico libera substâncias pró inflamatórias e que prejudicam o nosso eixo-hormonal da reprodução.


Nota importante: o único tratamento definitivo da endometriose é a cirurgia videolaparoscópica para retirada das lesões. A MTC participa como tratamento complementar da infertilidade e desconfortos causados pela endometriose.


Fontes:

- Tratado de Reprodução Assistida – Sociedade Brasileira de Reprodução Humana.

- Treatment of Infertility with Chinese Medicine - Jane Lyttleton.

- The Infertility Cure – Randine Lewis, Ph.D.




21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo