Evite esses 6 alimentos para proteger sua fertilidade



Fazer mudanças na dieta é uma das coisas mais importantes que você pode fazer para aumentar sua fertilidade. É importante ter uma dieta equilibrada e incluir macro e micronutrientes suficientes e tomar um suplemento de ácido fólico, se você for mulher.

Mas assim como é importante saber o que precisa comer para contribuir para a fertilidade, saber o que NÃO comer também deve estar sempre claro em sua mente.

Por isso, confira 6 alimentos que você deve evitar para proteger a sua fertilidade:

Açúcar refinado

Pesquisas nos últimos anos mostraram que a ingestão consistentemente alta de açúcar pode afetar negativamente a fertilidade masculina e feminina.


Um estudo da Universidade de Boston descobriu que apenas um refrigerante por dia reduziu as taxas de concepção em mulheres em um quarto e em homens em um terço. Isso ocorre porque pode interferir nos hormônios reprodutivos e prejudicar a qualidade dos óvulos e espermatozóides.


Embutidos

Os alimentos embutidos, ou seja, ultraprocessados, são alimentos embalados que sofreram mais alterações em relação ao seu estado original.


Quando os alimentos são processados ​​industrialmente, eles são decompostos muito mais do que nosso trato digestivo destinado ao consumo. Geralmente, esses alimentos contêm aditivos, conservantes e outras substâncias extraídas dos alimentos.


Esses alimentos além de não serem agregadores para a fertilidade, devido a falta de nutrientes essenciais para o organismo, ainda prejudicam.


Farinha de trigo branca

Produtos de farinha de trigo branca, como pães, massa branca, massa de pizza e doces, se convertem rapidamente em açúcar na corrente sanguínea.


O excesso de açúcar no sangue aumenta os níveis de insulina e a alta insulina resultante bloqueia a ovulação. Esta é uma das principais razões pelas quais as mulheres com SOP (síndrome do ovário policístico) correm maior risco de infertilidade.


Bebida alcoólica

O consumo de álcool pode afetar a fertilidade masculina e feminina.


Isso não deve surpreender, pois o álcool é conhecido por retardar o sistema imunológico, interferir nos processos corporais e pode levar ao desenvolvimento de vários problemas de saúde e doenças.


Homens e mulheres que estão tentando ter um bebê devem limitar ou eliminar o álcool, especialmente se estiverem lutando contra a infertilidade .


Bebida geladas

Na fertilidade, a energia quente é valiosa e é responsável pela circulação do sangue e pelo aquecimento dos tecidos. Queremos muito calor e circulação, especialmente no útero.


Você provavelmente já ouviu os termos “yin” e “yang”. Quando o útero está frio, há muito yin e pouco yang. Ingerir bebidas quentes e ajuda a trazer esse yang para equilibrar o yin, e também evita que nosso corpo precise gastar energia para aquecê-lo, para que as enzimas possam trabalhar para digeri-lo.


Tabagismo

Poucas pessoas sabem, mas cada estágio do processo reprodutivo é afetado pelo tabagismo.


Espermatozóides e óvulos podem ser prejudicados por toxinas na fumaça do tabaco (como cádmio e cotinina), além do hábito também contribuir para a danificação do DNA em óvulos e espermatozóides.


Para casais que tentam engravidar usando tratamentos médicos, como a fertilização in vitro, fumar por qualquer um dos parceiros reduz as taxas de sucesso da gravidez.

Mesmo que seja apenas seu parceiro que fume, isso pode reduzir sua chance de ter um bebê.



Dra. Munique Monteiro

Médica Acupunturista especialista em saúde da mulher

CRM: 141.629


23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo