Tudo importa: corpo, mente, espírito e o meio ambiente.

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) enxerga o homem como um ser inserido na Natureza, e assim submetido às suas leis.


Nossa saúde é influenciada por fatores ambientais, como a poluição, os agrotóxicos, a exposição solar, mudanças climáticas entre outros.

Nosso corpo funciona como um ecossistema, todos os órgãos são interligados e sofrem influência um do outro.

E assim as doenças e disfunções ocorrem por desarmonia dentro desse nosso “ecossistema”.

E o restabelecimento da saúde se dá pela equilíbrio de todo nosso organismo e não “consertando” apenas uma parte, considerada doente (“quebrada”). Que é a forma como a Medicina Ocidental raciocina pela óptica da concepção Cartesiana, que contempla o ser humano como uma máquina formada pela soma de vários peças.

Para a MTC, com o nosso sistema reprodutor não seria diferente, não basta o bom funcionamento do seu conjunto de órgãos isolados (vagina, útero e ovários) e hormônios para ser fértil. É necessário que todo o corpo funcione bem para que a gravidez ocorra.

Dessa forma a medicina tradicional chinesa se baseia na realização de acupuntura, dietoterapia, meditação, fitoterapia e práticas corporais, como o tai chi chuan. Justamente para que todos os níveis da existência humana sejam alcançados: corpo, mente e espírito.




7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo