Síndrome dos Ovários Policísticos

Atualizado: 18 de set. de 2020

A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) é um distúrbio hormonal ovulatório no qual a paciente não ovula ou demora para ovular, com ciclos menstruais espaçados.

As pacientes apresentam sintomas de hiperandrogenismo: clínico (acne, pele oleosa, queda de cabelo e sobrepeso) e/ou laboratorial (alterações dos hormônios sexuais). Muitas pacientes apresentam também resistência insulínica (alteração do metabolismo insulina-glicose).

Trata-se de uma síndrome complexa hormonal e metabólica. Inclusive devido essa alteração metabólica a SOP está associada a risco aumentado para diabetes, hipertensão arterial sistêmica, outras doenças cardiovasculares e câncer.

As causas desta síndrome são multifatoriais, estando envolvidos, a predisposição genética e fatores ambientais. Fatores ambientais importantes são os disruptores endócrinos que mimetizam os nossos hormônios, são exemplos deles: conservantes, substâncias liberadas pelas embalagens plásticas e pesticidas.

A SOP causa Infertilidade pois a paciente não ovula; ou se ovula, os óvulos apresentam má qualidade, por isso não basta a estimulação da ovulação com medicamentos para atingir seu objetivo final de ter o seu sonhado bebê nos braços, são necessários outros cuidados.

Os pilares do tratamento são:

- Alimentação low carb e antiinflamatória somada a suplementação vitamínica (vitamina D, n-acetilcisteína e mio-inositol) devidamente supervisionados pela nutricionista ou nutróloga.

- Atividade física aeróbica para redução do peso e aumento da liberação da proteína GLUT4 que promovem a melhora da resistência insulínica.

- Acompanhamento psicológico para alinhar expectativas, controle de ansiedade e fortalecer o comprometimento com o tratamento.

- Associar a acupuntura para harmonização de desequilíbrios energéticos e controle do estresse envolvido em todo o processo.

- Tratamento medicamentoso (metformina e indutores da ovulação) orientado pelo ginecologista, se necessário.

Na visão da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), muitas vezes, há deficiência de Jing pré-celestial (o que justifica a predisposição genética da SOP) e deficiência de Jing pós-celestial (o que explica a influência de fatores ambientais, desencadeando a síndrome).

A obstrução de Qi nos meridianos Chong e Ren Mai contribui para o mau desenvolvimento dos folículos ovarianos, resultando em ciclos espaçados, irregulares ou em longos períodos de amenorréia (ausência de menstruação).

Nas pacientes com sobrepeso e resistência insulínica estão presentes a estagnação de Qi do Baço-pâncreas e acúmulo de umidade nos meridianos. Se observado depósito de tecido adiposo predominantemente na região abdominal, é possível que o meridiano Dai Mai também esteja com obstrução. Os cistos ovarianos e esteatose hepática (gordura no fígado) também são sinais de acúmulo de mucosidade.

Os sinais de hiperandrogenismo se devem ao acúmulo umidade/mucosidade e estagnação de Sangue. A acne presente na SOP se deve a Umidade-calor manifestada na pele. A predisposição a doenças cardiovasculares é causada pela estagnação de Sangue.

O tratamento complementar da SOP pela MTC visa o retorno da ovulação e com óvulos de boa qualidade, através da mobilização do Qi e redução da umidade/mucosidade de acordo com a desarmonia diagnosticada na sua consulta. Além de orientações de mudança de estilo de vida (alimentação, exercícios e meditação) e prescrição de fitoterápicos.

É fundamental o acompanhamento regular com seu ginecologista, nutricionista ou nutróloga, e comigo, sua acupunturista!

Como já dito, o tratamento é multidisciplinar e requer muita dedicação por parte das pacientes, elas são protagonistas do seu tratamento. O que valerá muito a pena, pois a SOP é uma das melhores condições que se pode reverter clinicamente (sem procedimentos invasivos) a infertilidade, quando a síndrome é a causa desta dificuldade para engravidar.



21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo